close

SlideShow Principal

SaúdeSlideShow Principal

SAÚDE DOS OLHOS

Ter boa visão é item fundamental para uma boa qualidade de vida

A visão é o nosso principal contato com o mundo externo e precisa de cuidados frequentes. Mas infelizmente, muitas pessoas só dão atenção aos olhos quando enfermidades oportunistas e pontuais aparecem. Segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia há cerca de mais de 1,2 milhão de pessoas com problemas de visão. Há ainda no mundo mais de 39 milhões de pessoas cegas, das quais, 60% não se submeteram a tratamentos adequados.
Para ressaltar a importância da saúde dos olhos, entrevistamos o médico oftalmologista Dr. Aluísio Marques Bordignon de Albuquerque, que pontua alguns cuidados para prevenir doenças e manter a visão saudável.

Quais os cuidados básicos que devemos ter com a saúde dos olhos?
Os olhos são um dos órgãos mais importantes que o ser humano possui, pois estão diretamente relacionados com um dos sentidos mais importantes do ser humano. Algumas dicas que acho importantes para se manter a saúde ocular em dia são:
Não ficar muito próximo aos monitores ou televisões. Ajustar o brilho do monitor ou televisão de maneira que se sinta confortável. Muito brilho aumenta a fadica ocular;
Utilizar óculos de sol nas épocas do ano em que a radiação solar seja mais forte;
Para quem usa lentes de contato, fazer o uso conforme orientação do oftalmologista, respeitando seu prazo de validade;
O uso de lubrificantes oculares, de preferência sem conservantes;
Evitar coçar os olhos. O atrito da pálpebra com a superfície da córnea e conjuntiva pode provocar lesões e irritação ocular.
Realizar consultas periódicas , pois por vezes podemos possuir problemas oculares dos quais não temos noção.
Com que frequência é recomendada fazer um exame ocular e qual é a sua importância?
A maioria das pessoas só procura o oftalmologista quando está com problemas para enxergar, infelizmente. A estimativa é de que dois em cada três casos de cegueira poderiam ter sido evitados se um diagnóstico precoce e um tratamento adequado fosse feito. Por isso, a atenção para os olhos deve começar cedo, desde o nascimento dos bebês e continuar ao longo da vida, principalmente depois dos 40 anos, quando as complicações oculares começam a aumentar.
A frequência das consultas depende de sua idade e de sua história familiar. Pessoas mais velhas, devem ter seus olhos examinados uma vez por ano . Crianças e adultos com problemas oculares ou que tenham história de doença ocular na família, devem fazer consultas semestrais e às vezes até trimestrais.
E em crianças ou bebês, como devemos proceder?
Muitas crianças só são levadas ao oftalmologista por dificuldade de enxergar a lousa em sala de aula, mas o primeiro exame de vista do bebê, conhecido como Teste do Olhinho, deve ser realizado ainda na maternidade, por um pediatra treinado.
Estando tudo normal, é preciso levar a criança ao oftalmologista com 1 ano de idade, aos 3 anos e, caso haja algum problema ocular, orientamos o seguimento semestral, podendo aumentar o prazo dos retornos para consulta, caso a caso.

Trabalhar diariamente frente ao computador também pode prejudicar a visão? Como podemos evitar?
O uso do computador em ambientes com ar-condicionado pode ser uma das principais causas da sensação de olho seco. Os olhos ficam fixados no monitor por muito tempo e acabam piscando menos que o necessário, o ar-condicionado acelera o ressecamento dos olhos e com a falta das lágrimas, podem surgir problemas na córnea e conjuntiva , comprometendo ainda mais a visão. Algumas ações podem diminuir a fadiga ocular e os problemas causados pelo excesso de exposição ao monitor do computador:
Regular a iluminação do ambiente. O excesso de luz é prejudicial;
Reduza o brilho do monitor, tentando um ajuste que torne a tela discretamente acinzentada;
Se possível, substitua os monitores de tubo pelos de lcd ou led. Esses cansam menos a visão;
Pisque com mais frequência. Ao piscar você lubrifica os olhos e evita crises de olho seco e irritação ocular. Quando estiver fazendo qualquer atividade diante do computador, procure fazer algumas pausas, olhe para longe e para os lados, e só depois disso volte ao computador.

Quais os cuidados especiais com os idosos? Quais as doenças costumam aparecer com a chegada da idade?
A maioria das atividades da vida  de quem está na terceira idade podem ser afetadas pelos problemas de  visão, por isso, é tão importante a consulta anual e, em certas ocasiões, a consulta semestral, nos pacientes idosos.
As doenças oculares que atingem os idosos com mais frequência são o glaucoma e a catarata, e são as duas maiores causas de cegueira no mundo. O glaucoma é uma patologia silenciosa causada pelo aumento da pressão intraocular e a catarata é causada pela opacificação do cristalino. Outra também comum após os 60 anos é a degeneração macular, que ocorre pelo envelhecimento de algumas partes do olho, em especial, da área central da retina (mácula).
O verão está chegando e quais as consequencias à visão com a exposição ao sol?
Nosso corpo têm a habilidade de reparar e substituir células danificadas. O cristalino, contudo, é uma exceção, nunca sendo substituído. Por causa disto, doenças tais como cataratas podem aparecer como resultado de danos acumulados gradualmente nas proteínas do cristalino. E esses danos geralmente são causados pela radiação UV. A retina também sofre muito com o excesso de exposição ao sol.
Os óculos de sol são a maneira mais comum de proteger os olhos dos raios UV, mas também
não conseguem bloquear todos os raios ultravioletas, pois a luz solar pode atingir os olhos pelas laterais dos óculos, onde não há proteção. Nem todos os óculos de sol têm o mesmo nível de proteção. Escolha lentes grandes que fiquem próximas dos olhos, com um formato envolvente. Os óculos de sol de má qualidade, sem proteção certificada contra os raios UVA/UVB podem causar mais danos aos olhos do que não usá-los. Isto porque as lentes escuras fazem dilatar as pupilas, deixando entrar mais raios UVA/UVB que irão prejudicar a retina e o cristalino. Há ainda a possibilidade de contrair ceratite, uma forma de queimadura na córnea que causa dor, vermelhidão, lacrimejamento, fotofobia e sensação de areia nos olhos. O uso de lubrificantes também é indicado nessa situação.

Leia Mais
Casa & DécorSlideShow Principal

Planejamento de Obra

SEGUNDO A ARQUITETA MARINA MELO COSTA, A FALTA DE PLANEJAMENTO DE UMA OBRA PODE ACABAR EXCEDENDO O TEMPO, GERAR GASTOS INDESEJÁVEIS E TRAZER CONTRATEMPOS

Você sabe fazer o Planejamento da sua Obra? O planejamento é uma das partes mais importantes da construção ou da reforma, que pode definir as diretrizes tanto do projeto quanto da obra em si. É a partir dele que a pessoa consegue compatibilizar o projeto – que carrega o sonho ou até mesmo economias de uma vida inteira – com a realidade de uma obra.

Como arquiteta, muitas vezes vi pessoas dedicarem tempo e esforço na definição do projeto arquitetônico, entendendo que esse é o planejamento mais importante para a construção da sua casa. Porém, apenas com o projeto, não se consegue estimar o custo de uma obra. Utilizando o CUB (Custo Unitário Básico), que é um indicador de custo da construção civil por região, em m², onde a pessoa multiplica a metragem da residência pelo custo do metro no seu estado, levando em conta o padrão da construção, não se tem uma noção exata dos gastos.

Planejamento de obra deve englobar o máximo de etapas possíveis. Planilha com quantitativos de cada etapa permitem que a pessoa compre itens com antecedência, consiga descontos comprando à vista, entre outras coisas. Quantas pessoas terminam uma construção e não podem nem ouvir falar no pedreiro, no eletricista, no arquiteto, e etc. Essas contrariedades podem ser evitadas por um gerenciamento de obras eficaz.

A maioria das construções é executada sem planejamento e acabam excedendo tempo, dinheiro e a sua paciência.

Esses fatores negativos geram incertezas de prazos, gastos e garantia na qualidade da construção. Outro fator que pode ser considerado ruim é a contratação de mão de obra desqualificada, o que afeta diretamente em seu cronograma, produtividade, tempo e qualidade.

Vou mostrar as principais características que o planejamento da sua obra deve ter:

  • Definir a organização para execução dos serviços;
  • Integrar e coordenar esforços e conhecimentos de todos os envolvidos;
  • Garantir a comunicação entre os participantes da obra;
  • Conscientizar a todos sobre prazos, custos e qualidade referentes à obra;
  • Definir a hierarquia dentro e fora da obra;

Fazer o planejamento da sua construção torna-se cada vez mais importante quando se almeja economia e prazo. Você poderá terminar sua obra satisfeito e não esgotado.

Marina Melo Costa, arquiteta

CONTATO: RUA GOIÁS, 961, CENTRO,
SÃO JOAQUIM DA BARRA. TEL.: (16) 9.9998-6177

 

Leia Mais
Casa & DécorSlideShow Principal

VESTIR A CASA

AS CORTINAS SÃO FUNDAMENTAIS PARA AQUECER A CASA E CRIAR UM CLIMA DE ACONCHEGO. FEITAS DE VOILE, SEDA, LINHO E ATÉ DE RETALHOS DE TECIDOS, AS CORTINAS VESTEM OS AMBIENTES E GANHAM NOVAS FUNÇÕES

Elementos que têm uma função muito importante, as cortinas, além de decorar, protegem contra a luminosidade, complementam o ambiente e dão aconchego ao espaço.

Lembre-se: combinar sempre na intenção de complementar. Você pode ter paredes claras, tapete neutro e ter uma cortina colorida ou estampada; já em paredes coloridas, tapetes e cortinas neutros são mais indicados.

Contudo, não existe um certo e errado na decoração, tudo é possível com harmonia! Não se esqueça de que o menos é mais e que não são necessários vários elementos marcantes em um único ambiente.

Sendo assim, na hora de escolher é preciso analisar o ambiente, a luminosidade, o tipo, o acabamento, tecidos, modelos, medidas, para que o conjunto esteja em harmonia com o resto da decoração.

 

Para ajudar, separei algumas dicas e modelos para você não se perder na hora da escolha. Confira.

 

Se a sala não tem problema com luminosidade, é possível usar tecidos mais leves e transparentes, como por exemplo a microfibra, voile de seda, cambraia, dentre outros.

 

Os modelos de persiana mais indicados para o banheiro são: alumínio, rolô e romana. Elas controlam a entrada de luz, bloqueiam o calor e proporcionam privacidade.

 

Neste quarto a persiana é de madeira com xale de linho, deixou o ambiente sofisticado e moderno.

 

Para salas de home theater, devem ser mais pesadas e escuras, de preferência com blackout, para controlar a luminosidade.

 

Para o quarto do bebê, modelos românticos com varão, cores claras, transmitindo delicadeza.

 

O uso de persiana com cortina de tecido na mesma janela fica muito interessante e charmoso. Aqui a cortina está embutida no gesso.

 

Nas cozinhas é mais recomendável o uso de cortinas leves como persianas, rolô, romana, com certa transparência, práticas e fáceis de lavar.

 

Privacidade, aconchego e conforto são sinônimos para os dormitórios. Sendo assim, você pode usar tecidos transparentes com blackout, pois um ambiente mais escuro ajuda na qualidade do sono.

Essas são algumas dicas, mas não existem regras específicas para a escolha de suas cortinas, no entanto, se você estiver em dúvida, melhor procurar um profissional para te ajudar, assim não haverá erros.

Leia Mais
SaúdeSlideShow Principal

O CORAÇÃO E A BOCA

Entenda como bactérias da boca podem chegar ao coração. Segundo a Cirurgiã-dentista Dra. Aline Cristina Marouvo, sem o devido cuidado, muitas infecções e problemas bucais podem se transformar em doenças sérias do coração e do corpo

Você deve estar pensando qual a relação de órgãos tão distintos. A boca é uma verdadeira colônia de bactérias que se fixam na superfície dos dentes, nas próteses ou na própria mucosa, formando o biofilme. Esses micro-organismos, se acumulados, podem causar doenças locais, como a cárie, a gengivite e a periodontite, mas também podem desencadear problemas em outras partes do corpo.

Dentro da boca pode acorrer a bacteremia transitória. Isso acontece quando as bactérias acham uma saída na boca para entrar na corrente sanguínea com acesso a todo o corpo. “A presença de bactérias na corrente sanguínea pode causar problemas graves quando atinge o coração, como a endocardite bacteriana”, diz Dra. Aline Cristina Marouvo, cirurgiã-dentista.

Essa doença é uma infecção causada por bactérias que ocorre nas válvulas cardíacas ou nos tecidos do coração e pode ser mais grave se o paciente tiver próteses cardíacas ou alguma má-formação do coração. Segundo um estudo feito pela Universidade Federal do Piauí, o índice de mortalidade da endocardite é de 21% em pacientes com má-formação cardíaca e de 50% em pacientes com próteses.

Para piorar, essas bactérias bucais podem causar outras infecções tão ruins quanto a endocardite. “Infelizmente certas infecções acabam sendo muito mais difíceis de serem tratadas, pois não estão em seu ambiente natural e, por isso, não há inimigos naturais para auxiliar no combate”, diz Aline.

Pneumonia e artrite reumática são algumas das doenças que as bactérias da boca, uma vez na corrente sanguínea, podem causar. No caso da pneumonia esses micro-organismos levam a infecção para os pulmões, já na artrite, eles inflamam as articulações.

“O papel do cirurgião-dentista é fundamental quando se trata de prevenir que as bactérias da boca circulem pelo corpo”, aponta a profissional. “A saúde bucal é um dos itens que são deixados de lado na correria do dia a dia. Ela é um dos elementos fundamentais que irá trazer mais qualidade de vida tanto hoje como no futuro. Visitas periódicas ao dentista são importantes para que você poupe esforços futuros para cuidar dos dentes”, lembra.

É recomendável a visita ao dentista no mínimo duas vezes por ano. Somos parte de uma espécie naturalmente sorridente. Um ultra-som em 3D mostra que em desenvolvimento o bebê parece já sorrir, mesmo dentro do útero. O sorriso influencia positivamente a vida das pessoas, ajudando até a prevenir doenças. O sorriso é também um meio de comunicação e cerca de 30% das pessoas sorriem mais que 20 vezes ao dia. Por isso é importante cuidar do sorriso, cuidando dele você também consegue ajudar a proteger seu corpo de doenças indesejáveis.

DRA ALINE CRISTINA MAROUVO É CIRURGIÃ- DENTISTA, ESPECIALISTA EM ENDODONTIA, ORTODONTIA E ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES
CROSP 103.691

Contato:
Av. 9, 667, Centro – Orlândia.
Tel.: (16) 3726-3707 e 9.9375-3579

Leia Mais