close

Saúde

SaúdeSlideShow Principal

SAÚDE DOS OLHOS

Ter boa visão é item fundamental para uma boa qualidade de vida

A visão é o nosso principal contato com o mundo externo e precisa de cuidados frequentes. Mas infelizmente, muitas pessoas só dão atenção aos olhos quando enfermidades oportunistas e pontuais aparecem. Segundo dados do Conselho Brasileiro de Oftalmologia há cerca de mais de 1,2 milhão de pessoas com problemas de visão. Há ainda no mundo mais de 39 milhões de pessoas cegas, das quais, 60% não se submeteram a tratamentos adequados.
Para ressaltar a importância da saúde dos olhos, entrevistamos o médico oftalmologista Dr. Aluísio Marques Bordignon de Albuquerque, que pontua alguns cuidados para prevenir doenças e manter a visão saudável.

Quais os cuidados básicos que devemos ter com a saúde dos olhos?
Os olhos são um dos órgãos mais importantes que o ser humano possui, pois estão diretamente relacionados com um dos sentidos mais importantes do ser humano. Algumas dicas que acho importantes para se manter a saúde ocular em dia são:
Não ficar muito próximo aos monitores ou televisões. Ajustar o brilho do monitor ou televisão de maneira que se sinta confortável. Muito brilho aumenta a fadica ocular;
Utilizar óculos de sol nas épocas do ano em que a radiação solar seja mais forte;
Para quem usa lentes de contato, fazer o uso conforme orientação do oftalmologista, respeitando seu prazo de validade;
O uso de lubrificantes oculares, de preferência sem conservantes;
Evitar coçar os olhos. O atrito da pálpebra com a superfície da córnea e conjuntiva pode provocar lesões e irritação ocular.
Realizar consultas periódicas , pois por vezes podemos possuir problemas oculares dos quais não temos noção.
Com que frequência é recomendada fazer um exame ocular e qual é a sua importância?
A maioria das pessoas só procura o oftalmologista quando está com problemas para enxergar, infelizmente. A estimativa é de que dois em cada três casos de cegueira poderiam ter sido evitados se um diagnóstico precoce e um tratamento adequado fosse feito. Por isso, a atenção para os olhos deve começar cedo, desde o nascimento dos bebês e continuar ao longo da vida, principalmente depois dos 40 anos, quando as complicações oculares começam a aumentar.
A frequência das consultas depende de sua idade e de sua história familiar. Pessoas mais velhas, devem ter seus olhos examinados uma vez por ano . Crianças e adultos com problemas oculares ou que tenham história de doença ocular na família, devem fazer consultas semestrais e às vezes até trimestrais.
E em crianças ou bebês, como devemos proceder?
Muitas crianças só são levadas ao oftalmologista por dificuldade de enxergar a lousa em sala de aula, mas o primeiro exame de vista do bebê, conhecido como Teste do Olhinho, deve ser realizado ainda na maternidade, por um pediatra treinado.
Estando tudo normal, é preciso levar a criança ao oftalmologista com 1 ano de idade, aos 3 anos e, caso haja algum problema ocular, orientamos o seguimento semestral, podendo aumentar o prazo dos retornos para consulta, caso a caso.

Trabalhar diariamente frente ao computador também pode prejudicar a visão? Como podemos evitar?
O uso do computador em ambientes com ar-condicionado pode ser uma das principais causas da sensação de olho seco. Os olhos ficam fixados no monitor por muito tempo e acabam piscando menos que o necessário, o ar-condicionado acelera o ressecamento dos olhos e com a falta das lágrimas, podem surgir problemas na córnea e conjuntiva , comprometendo ainda mais a visão. Algumas ações podem diminuir a fadiga ocular e os problemas causados pelo excesso de exposição ao monitor do computador:
Regular a iluminação do ambiente. O excesso de luz é prejudicial;
Reduza o brilho do monitor, tentando um ajuste que torne a tela discretamente acinzentada;
Se possível, substitua os monitores de tubo pelos de lcd ou led. Esses cansam menos a visão;
Pisque com mais frequência. Ao piscar você lubrifica os olhos e evita crises de olho seco e irritação ocular. Quando estiver fazendo qualquer atividade diante do computador, procure fazer algumas pausas, olhe para longe e para os lados, e só depois disso volte ao computador.

Quais os cuidados especiais com os idosos? Quais as doenças costumam aparecer com a chegada da idade?
A maioria das atividades da vida  de quem está na terceira idade podem ser afetadas pelos problemas de  visão, por isso, é tão importante a consulta anual e, em certas ocasiões, a consulta semestral, nos pacientes idosos.
As doenças oculares que atingem os idosos com mais frequência são o glaucoma e a catarata, e são as duas maiores causas de cegueira no mundo. O glaucoma é uma patologia silenciosa causada pelo aumento da pressão intraocular e a catarata é causada pela opacificação do cristalino. Outra também comum após os 60 anos é a degeneração macular, que ocorre pelo envelhecimento de algumas partes do olho, em especial, da área central da retina (mácula).
O verão está chegando e quais as consequencias à visão com a exposição ao sol?
Nosso corpo têm a habilidade de reparar e substituir células danificadas. O cristalino, contudo, é uma exceção, nunca sendo substituído. Por causa disto, doenças tais como cataratas podem aparecer como resultado de danos acumulados gradualmente nas proteínas do cristalino. E esses danos geralmente são causados pela radiação UV. A retina também sofre muito com o excesso de exposição ao sol.
Os óculos de sol são a maneira mais comum de proteger os olhos dos raios UV, mas também
não conseguem bloquear todos os raios ultravioletas, pois a luz solar pode atingir os olhos pelas laterais dos óculos, onde não há proteção. Nem todos os óculos de sol têm o mesmo nível de proteção. Escolha lentes grandes que fiquem próximas dos olhos, com um formato envolvente. Os óculos de sol de má qualidade, sem proteção certificada contra os raios UVA/UVB podem causar mais danos aos olhos do que não usá-los. Isto porque as lentes escuras fazem dilatar as pupilas, deixando entrar mais raios UVA/UVB que irão prejudicar a retina e o cristalino. Há ainda a possibilidade de contrair ceratite, uma forma de queimadura na córnea que causa dor, vermelhidão, lacrimejamento, fotofobia e sensação de areia nos olhos. O uso de lubrificantes também é indicado nessa situação.

Leia Mais
SaúdeSlideShow Principal

O CORAÇÃO E A BOCA

Entenda como bactérias da boca podem chegar ao coração. Segundo a Cirurgiã-dentista Dra. Aline Cristina Marouvo, sem o devido cuidado, muitas infecções e problemas bucais podem se transformar em doenças sérias do coração e do corpo

Você deve estar pensando qual a relação de órgãos tão distintos. A boca é uma verdadeira colônia de bactérias que se fixam na superfície dos dentes, nas próteses ou na própria mucosa, formando o biofilme. Esses micro-organismos, se acumulados, podem causar doenças locais, como a cárie, a gengivite e a periodontite, mas também podem desencadear problemas em outras partes do corpo.

Dentro da boca pode acorrer a bacteremia transitória. Isso acontece quando as bactérias acham uma saída na boca para entrar na corrente sanguínea com acesso a todo o corpo. “A presença de bactérias na corrente sanguínea pode causar problemas graves quando atinge o coração, como a endocardite bacteriana”, diz Dra. Aline Cristina Marouvo, cirurgiã-dentista.

Essa doença é uma infecção causada por bactérias que ocorre nas válvulas cardíacas ou nos tecidos do coração e pode ser mais grave se o paciente tiver próteses cardíacas ou alguma má-formação do coração. Segundo um estudo feito pela Universidade Federal do Piauí, o índice de mortalidade da endocardite é de 21% em pacientes com má-formação cardíaca e de 50% em pacientes com próteses.

Para piorar, essas bactérias bucais podem causar outras infecções tão ruins quanto a endocardite. “Infelizmente certas infecções acabam sendo muito mais difíceis de serem tratadas, pois não estão em seu ambiente natural e, por isso, não há inimigos naturais para auxiliar no combate”, diz Aline.

Pneumonia e artrite reumática são algumas das doenças que as bactérias da boca, uma vez na corrente sanguínea, podem causar. No caso da pneumonia esses micro-organismos levam a infecção para os pulmões, já na artrite, eles inflamam as articulações.

“O papel do cirurgião-dentista é fundamental quando se trata de prevenir que as bactérias da boca circulem pelo corpo”, aponta a profissional. “A saúde bucal é um dos itens que são deixados de lado na correria do dia a dia. Ela é um dos elementos fundamentais que irá trazer mais qualidade de vida tanto hoje como no futuro. Visitas periódicas ao dentista são importantes para que você poupe esforços futuros para cuidar dos dentes”, lembra.

É recomendável a visita ao dentista no mínimo duas vezes por ano. Somos parte de uma espécie naturalmente sorridente. Um ultra-som em 3D mostra que em desenvolvimento o bebê parece já sorrir, mesmo dentro do útero. O sorriso influencia positivamente a vida das pessoas, ajudando até a prevenir doenças. O sorriso é também um meio de comunicação e cerca de 30% das pessoas sorriem mais que 20 vezes ao dia. Por isso é importante cuidar do sorriso, cuidando dele você também consegue ajudar a proteger seu corpo de doenças indesejáveis.

DRA ALINE CRISTINA MAROUVO É CIRURGIÃ- DENTISTA, ESPECIALISTA EM ENDODONTIA, ORTODONTIA E ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES
CROSP 103.691

Contato:
Av. 9, 667, Centro – Orlândia.
Tel.: (16) 3726-3707 e 9.9375-3579

Leia Mais
Saúde

Proteja seu filho das doenças do inverno

Durante o inverno as crianças tendem a sofrer com as doenças da estação e as idas aos hospitais se tornam mais frequentes. Mas com alguns pequenos cuidados você pode proteger seu filho e sua família de algumas doenças comuns do inverno.

 

Em entrevista, Dr. Thiago Sebba Vitaliano, médico pediatra, comenta essas doenças de uma maneira simples, esclarecendo dúvidas e dá algumas dicas que ajudarão a amenizar os sintomas dessas patologias.

Quais são as doenças mais comuns com a chegada do inverno entre as crianças e quais os cuidados especiais para prevenir ou amenizar seus efeitos?

As doenças mais comuns na época do inverno são as doenças que atacam as vias respiratórias como gripes, resfriados, asma, rinite alérgica e as pneumonias. Para prevenir ou amenizar os sintomas é essencial que os pais evitem deixar seus filhos por muito tempo em locais fechados com aglomeração de pessoas, hidratar bem as crianças, fazer lavagem nasal com soro fisiológico várias vezes ao dia e lavar bem as mãos para evitar as transmissões.

 Por que essas doenças se agravam nesta temporada mais fria?

Essas doenças se agravam por vários motivos. As pessoas tendem a permanecer mais em locais fechados, o que facilita a propagação e disseminação dos vírus. Os vírus que causam as doenças respiratórias mais comuns têm preferência por clima mais frio. Finalmente, a anatomia das vias aéreas das crianças com seu calibre menor, é diferente da dos adultos, sendo então mais propícias ao desenvolvimento de tais doenças.

 Em casa, existe alguma medida que pode ser tomada para combater ou evitar tais problemas?

As medidas ambientais são essenciais. Entre elas estão: passar pano úmido nos móveis, abrir sempre as janelas para permitir a circulação de ar e entrada do sol, fazer a limpeza dos aparelhos de ar condicionado, colocar umidificadores ou panos úmidos ou bacias de água nos quartos a fim de minimizar os efeitos do tempo seco, evitar o uso de cobertores de pelos, carpetes, cortinas, tapetes e bichos de pelúcia e de estimação felpudos, e não expor as crianças a fumaça de cigarro . Roupas de frio e cobertores devem ser fervidas e deixadas secar no sol.

 Em quais situações podemos tratar dos pequenos em casa e quando é preciso de fato levar ao médico?

É importante os pais levarem seus filhos ao médico quando estes apresentarem sintomas de insuficiência respiratória aguda, como cansaço e falta de ar ou quando os sintomas forem tão intensos a ponto de interferirem nas atividades do dia a dia das crianças.

 E gripes e resfriados. Como distinguir essas doenças?

Ambos são causados por vírus. Enquanto a gripe é causada pela família dos vírus Influenza, o resfriado pode ser causado por um grande número de vírus como o Rinovirus, Arbovirus e Parainfluenza.  Tanto as gripes quanto os resfriados causam coriza, espirros, tosse e prurido nasal. A diferença fica na gravidade e intensidade dos sintomas. Enquanto nos resfriados, estes são mais brandos, mas gripes há febre alta, dores musculares, apatia e perda do apetite.

 É importante tomar a vacina contra a gripe? A maioria das mães diz que as crianças ficam doentes após tomar a vacina, por que isso acontece?

Sim, é muito importante tomar a vacina da gripe, pois ela previne contra a infecção pelo vírus H1N1 que tem mostrado alta taxa de mortalidade. O fato de a vacina causar sintomas gripais é pelo simples motivo das vacinas serem compostas por partículas de vírus que, ao entrarem em contato com o organismo, induzem o mesmo a produzir uma resposta imunológica ao agente vacinal, por isso os sintomas aparecem.

 Considerações finais.

É importante os pais saberem que essa época do ano é propícia ao aumento da incidência das doenças respiratórias, que a grande maioria dessas doenças é sem gravidade e que na maioria dos casos as crianças saram sozinhas, pois os vírus têm um ciclo auto limitado no organismo. Mas o mais importante é saber reconhecer sinais de gravidade e a hora de procurar o médico e o principal: a prevenção é sempre o mais importante pra evitar o aparecimento e a disseminação de tais doenças.

  

Dr. Thiago Sebba Vitaliano é Médico Pediatra, graduado pela Pontifícia Universidade Católica – Campinas, especialista em Pediatria e UTI Pediátrica pela UNESP Botucatu. Título de Especialista em Pediatria – Sociedade Brasileira de Pediatria

Leia Mais
RecentesSaúde

Inauguração da Rede Inova Drogarias, em Orlândia

Mais um grande ganho para Orlândia na área da saúde, hoje, dia 2 de julho, foi inaugurada a Rede Inova Drogarias, dirigida pelo casal Alessandra Pintar, farmacêutica há 10 anos e Ricardo César Oliveira Lima, administrador.

A drogaria, além de atendimento diferenciado, oferece aferição de pressão, teste de glicemia, atenção farmacêutica em período integral, com isso o profissional pode esclarecer qualquer dúvida referente a medicamentos, além de uma vasta diversidade de produtos em perfumaria, fraudas descartáveis com ótimos preços, linha de perfumes importados, produtos La Roche-Posay, Roc Dermatologic, Vichy Laboratoires, produtos que são diferenciados e o consumidor pode parcelá-los em até três vezes nos cartões.

A Rede Inova Drogarias, com matriz em Governador Valadares/MG, é a rede que mais cresce na região Sudeste. Possui 480 lojas, só no Estado de São Paulo são 60 lojas.

O atendimento da Rede Inova Drogarias em Orlândia será das 7h00 às 0h00, todos os dias, com serviço de entrega gratuito até as 22h00.

Avenida 5 , 505 Centro, Telefone: (16) 3826-9772

« 1 de 2 »
Leia Mais
RecentesSaúde

8ª semana da Saúde em São Joaquim da Barra

A 8ª Semana da Saúde em São Joaquim da Barra acontece de 06 a 10 de junho. A Assessoria de Saúde promove o encontro com o intuito de abordar temas e palestras pertinentes à pasta. Neste ano, a semana receberá profissionais renomados, que vão ministrar palestras sobre diversos assuntos relacionados à promoção da saúde e prevenção de doenças. As palestras vão acontecer no Auditório Arthur Parada todas às noites a partir das 19h30, de 06 a 10 de junho.

Confira a programação da semana da saúde

 

 

Leia Mais
Saúde

CUIDADOS COM A PELE NA GRAVIDEZ

DURANTE A GESTAÇÃO OCORREM MUITAS ALTERAÇÕES NO CORPO DA MULHER. ESTRIAS, MANCHAS, ACNE E QUEDA DE CABELO SÃO AS PRINCIPAIS QUEIXAS DAS MAMÃES. CONVIDAMOS A MÉDICA DRA. FLÁVIA BERNARDO DOJAS SPEDICATO, ESPECIALISTA EM DERMATOLOGIA CLÍNICA E ESTÉTICA PARA DAR ALGUMAS DICAS DE COMO AMENIZAR ESSES CONTRATEMPOS

No período gestacional o corpo da mulher está sujeito às inúmeras alterações que são comuns neste momento, porém, existem estratégias para viver esta fase evitando seus contratempos e assim garantir muito mais beleza às futuras mamães.

As estrias, que podem aparecer em diversas áreas do corpo, mas principalmente no abdome e o aparecimento de manchas escuras na face são as principais queixas. Outras gestantes também relatam o aparecimento de acne no rosto, nas costas, nos ombros e na área do colo; e há quem se queixa da queda de cabelo, do inchaço nas pernas e do aparecimento das varizes. Porém, o maior vilão dessas lindezas é desconhecer alternativas para melhorar, amenizar e até mesmo tratar estas desordens que só contribuem para aumentar a ansiedade desse período.

“Atualmente existem linhas de tratamento com o foco na saúde da pele da gestante. Uma marca de excelência em nosso mercado é a ADCOS, uma empresa nacional e de credibilidade entre a classe dos Dermatologistas, e o mais importante, ela desenvolve produtos específicos para as peculiaridades da pele brasileira. A marca possui também um excelente hidratante para ser usado durante as fases da gestação e após o parto, o ELASTCREAM. Ele nutre, restaura a elasticidade, previne rachaduras na área dos seios e as indesejáveis estrias”, explica Dra.  Flávia Bernardo Dojas Spedicato, médica, com especialização em Dermatologia Clínica e Estética.

Dra. Flávia ainda frisa que é indispensável o uso diário de filtro solar. A grande variedade de produtos acaba trazendo dúvida e confusão na hora de escolher qual usar, porém, a médica deixa algumas dicas para facilitar a escolha:

  • Pele normal, sem oleosidade em zona ‘’T’’: Episol Mit, ADCOS Filtro Solar Ultra, Anthelios Fluid XL.
  • Pele mista, com oleosidade em zona ‘’T’’: Minesol oil control, ADCOS Filtro Solar Fluid Peles Oleosas e Acneicas, Anthelios AE.
  • Pele oleosa: ADCOS Filtro Solar Fluid Peles Oleosas e Acneicas, Episol sec, Anthelios Airlicium, PAYOT City Care.

 

“Além do protetor solar, acessórios como chapeu, bonés, guarda-sol e sombrinha também ajudam bastante na proteção contra os raios UV”, afirma.

E as manchas? Só o protetor para preveni-las ou tratá-las? A resposta é NÃO!

Segundo a especialista, existe um ácido que pode ser administrado com segurança, o ácido azelaico, recomendado para ser aplicado na face antes do protetor solar. Ele atua como clareador leve e auxilia muito na prevenção da acne gestacional, por causa da sua ação antioxidante e anti-inflamatória tópica na pele.

“Ressalto que é crucial o acompanhamento regular por meio do pré-natal para garantir a gestação saudável. Os exames laboratoriais pedidos pelo Ginecologista/Obstetra auxiliam no estudo de algumas queixas como, por exemplo, a queda de cabelo, pois avaliando o resultado da dosagem do Ferro pode-se concluir uma correlação da carência desse mineral e diminuição dos fios no couro cabeludo. Sendo assim, de acordo com a conclusão dos exames, tanto o Dermatologista, quanto o Clínico e o Ginecologista/Obstetra podem conduzir a suplementação dos minerais em carência e tratar a queixa capilar”, explica Dra. Flávia.

Caminhada, hidroginástica, evitar longos períodos em uma mesma posição são informações úteis para melhorar o sistema circulatório. A alimentação balanceada, o consumo diário de muita água são opções saudáveis que também podem contribuir para afastar o edema, ou inchaço das pernas e o surgimento das varizes.

É importante as mamães se informarem por meio de rede de comunicação segura e responsável e terem cuidado com algumas propagandas cujo interesse é vender seus produtos a qualquer preço. Fazer o pré-natal corretamente garante a saúde da mamãe e do bebê. No caso de dúvidas não deixe de procurar por um profissional da área da saúde!

DRA. FLÁVIA BERNARDO DOJAS SPEDICATO É GRADUADA EM MEDICINA PELA FACULDADE DE MEDICINA DE CATANDUVA, EM MEDICINA DO TRABALHO E EM PERÍCIA MÉDICA E ÁREAS DA SAÚDE PELA FAMERP. É AINDA GRADUADA EM DERMATOLOGIA CLÍNICA PELA FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS DE MINAS GERAIS – FCMMG/ISMD E EM DERMATOLOGIA ESTÉTICA FACIAL PELO INSTITUTO FLÁVIA DINIZ/SP

Leia Mais
Saúde

Em Orlândia, Vacinação contra H1N1 também começa no próximo sábado

No próximo dia 30 de abril, terá início em Orlândia a vacinação contra a gripe, inclusive a H1N1, vírus que já registrou 230 mortes no país, segundo o G1. A campanha, no primeiro dia, será realizada das 8h às 16h30, no Centro de Saúde “Dr. Miguel Vitaliano”, na Unidade Básica de Saúde I “Américo Alves” e Unidade Básica de Saúde II “José Marchi”. Nos outros dias, a imunização será realizada de segunda a sexta, das 8h às 16h. (Acompanhe a localização das unidades abaixo).

A vacinação será dividida em duas etapas, segundo orientações encaminhadas pela Secretaria Estadual de Saúde. A 1ª etapa, a partir do dia 30 de abril, imunizará idosos com 60 anos ou mais, crianças entre 6 meses e menores de 5 anos, gestantes puérperas, indígenas e profissionais de saúde que trabalham nos  hospitais e unidades de pronto atendimento públicos e privados e nas Unidades Básicas de Saúde. A partir do dia 9 de maio, acontece a 2ª etapa, que irá vacinar as pessoas com comorbidades e os outros profissionais de saúde.

Vale destacar que, Brasil já registrou 230 mortes por H1N1 este ano até o dia 16 de abril, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira, 25 de abril. Em apenas uma semana, entre 9 e 16 de abril, foram registradas 77 novas mortes.

Acompanhe abaixo o endereço das Unidades Básicas de Saúde de Orlândia:

UNIDADES DE SAÚDE

Centro de Saúde II “Dr. Miguel Vitaliano” – Avenida 3 nº 130 (Centro)
Unidade Básica de Saúde I “Américo Alves” – Rua 6 nº 1200 (Jdm. Siena)
Unidade Básica de Saúde II “José Marchi” – Avenida 19 nº 1728 (Jardim Júlio Bucci)
Unidade Básica de Saúde III “Waldemar Graner” -Avenida W nº 783 (Jardim Santa Rita)
Unidade Básica de Saúde VI “Aparecida Helena Denipoti” – Avenida K nº 1358 (Jardim das Flores).

 

Leia Mais
RecentesSaúde

Vacinação contra a gripe começará no dia 30 de abril em São Joaquim da Barra

A campanha nacional contra a gripe vai ter início no dia 30 deste mês. Todas as unidades de saúde estarão abertas para atender a população e aplicar as doses. Deverão ser vacinadas as crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias, as gestantes, as puérperas até 45 dias, ou seja, mulheres que ganharam bebê, os idosos acima de 60 anos, profissionais da área da saúde e sistema prisional e os portadores de doenças crônicas (coração, respiratória, diabetes, HIV, transplantados e pacientes que estão realizando quimioterapia). Em São Joaquim da Barra, depois do dia D, a campanha será realizada de 02 a 30 de maio na sala de vacina (centro), no PSF do João Paulo II (sala de vacina) e no trailer da saúde na praça sete de setembro. Esse grupo já receberá a vacina da gripe e do H1N1. A equipe de saúde pede que as pessoas levem a carteira de vacinação, a carta médica ou receita de medicamentos em uso.

Leia Mais
RecentesSaúde

A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE BUCAL ÀS MULHERES

A saúde bucal é uma questão muito importante, principalmente para as mulheres, você já ouviu falar dos riscos que uma gengivite pode trazer na gravidez? A higiene bucal e acompanhamento odontológico periodicamente podem prevenir várias doenças, seja na adolescência, gravidez e até na menopausa. Confira as dicas da cirurgiã-dentista Andréa Romanelli

Durante o ciclo de vida da mulher existem influências hormonais que podem causar alterações nas respostas dos tecidos orais e periodontais, dessa forma, é muito importante que o cirurgião dentista adapte e apropriadamente altere a terapia de acordo com a necessidade individual das mulheres, com base em cada estágio do ciclo da sua vida.

A puberdade é frequentemente acompanhada por uma resposta exagerada da gengiva à placa bacteriana. Em locais onde restos alimentares, placa e cálculo são depositados, pode haver aumento dos tecidos gengivais, sangramento e inflamação.

A gravidez altera a gravidade de áreas previamente inflamadas, a doença periodontal pode alterar a saúde sistêmica da paciente e afetar o bem-estar do feto, por elevar o risco de parto prematuro e de bebês com baixo peso ao nascimento. A ocorrência de gengivite gravídica é muito comum, porém, vale ressaltar que tanto a puberdade, quanto a gravidez, por si só não causam gengivite na ausência de fatores locais. Mulheres que planejam engravidar devem fazer uma consulta odontológica previamente à gestação para deixar a saúde bucal em dia, e as mulheres grávidas devem evitar tratamento dentário eletivo no primeiro trimestre e nos últimos 45 dias da gestação, sendo o segundo trimestre o mais seguro para realizar o tratamento dentário de rotina.

A realização de profilaxias durante a gravidez ajuda a prevenir e minimizar possíveis doenças bucais em pacientes previamente tratadas. As mudanças orais durante a menopausa incluem mucosa mais fina, ardência bucal, retração gengival, diminuição do fluxo salivar, alteração do paladar e perda óssea e são atribuídas às flutuações dos hormônios sexuais.

Dessa forma é de extrema importância que as mulheres, independente do seu estágio de vida, tenham uma higiene bucal satisfatória e façam acompanhamentos periódicos com o dentista, a fim de evitar o agravamento de condições periodontais pré-existentes e suas consequências para a saúde bucal e sistêmica.

Dra. Andréa Romaneli, Cirurgiã Dentista

Avenida 11, 12 Centro, Orlândia.

Tel (16) 3726-3277 e 9-92939293

Leia Mais