close

Notícias

NotíciasRecentes

Sicredi conquista Prêmio Lide Agronegócios 2016 na categoria Crédito

Premiação, que integrou o 5º Fórum Nacional de Agronegócios, destaca empresas e instituições comprometidas com o desenvolvimento sustentável por meio de ações modernas e inovadoras em tecnologia e gestão  

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,3 milhões de associados e atuação em 20 estados brasileiros – foi contemplado no Prêmio Lide Agronegócios 2016, na categoria Crédito. A cerimônia de premiação ocorreu na tarde de sábado, 24 de setembro, em Campinas (SP), como parte da programação do 5º Fórum Nacional de Agronegócios, e teve como objetivo premiar as empresas e instituições do agronegócio brasileiro que mais se destacaram no compromisso com o desenvolvimento sustentável por meio do uso das mais modernas e inovadoras ferramentas de tecnologia e gestão, além de visão e atuação socioeconômica para inserção competitiva nos mercados.

Além da categoria Crédito, o Prêmio Lide Agronegócios também premiou nas categorias Defensivos, Fertilizantes, Implementos Agrícolas e Sementes. “Para o Sicredi é especialmente gratificante ser reconhecido em uma área na qual nossa instituição financeira é referência, como o agronegócio. Premiações como esta do Lide são um importante apoio à disseminação do cooperativismo de crédito demostrando, na prática, que nosso propósito de ‘fazer juntos’ não só é possível, como já faz parte desta sociedade colaborativa que todos almejamos”, afirma o CEO do Banco Cooperativo Sicredi, Edson Georges Nassar, que recebeu a premiação das mãos de Roberto Rodrigues, presidente do Lide Agronegócios e ex-ministro da Agricultura, e Roberto Giannetti da Fonseca, vice-chairman do Lide e presidente do Lide Infraestrutura. No Brasil, o Sicredi é a terceira instituição financeira em concessão de crédito rural (Febraban) e a primeira em repasse do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf/BNDES).

O 5º Fórum Nacional de Agronegócios apresentou uma série de debates sobre temas relacionados ao agronegócio. O CEO do Banco Cooperativo Sicredi participou como debatedor no painel “Um programa de renda para o campo”, que contou ainda com o ex-ministro da Agricultura e presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho), Alysson Paolinelli. A mediação foi feita pelo presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins da Silva, e teve como expositor do tema o ex-ministro da Agricultura e ex-presidente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Luís Carlos Guedes Pinto.

Fundado em junho de 2003, o Grupo de Líderes Empresariais (Lide) possui treze anos de atuação. Atualmente, tem 1.700 empresas filiadas, que representam 52% do PIB privado brasileiro.

 

Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com mais de 3,3 milhões de associados e 1.500 pontos de atendimentos, em 20 estados do País*. Referência internacional pela organização em sistema, com padrão operacional e utilização de marca única, o Sicredi conta com 121 Cooperativas de Crédito filiadas, distribuídas em cinco Centrais regionais – acionistas da Sicredi Participações S.A. –, uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo, que controla uma Administradora de Bens, uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios.

 Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br

 * Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia, Goiás, Alagoas, Sergipe, Pernambuco, Ceará, Maranhão, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Bahia.

 

Foto: Gustavo Rampini

Leia Mais
NotíciasRecentesTecnologia

Micro e pequenas empresas são alvos de invasores virtuais

Por André Luiz Rodrigues Ferreira, Diretor da Netdeep Tecnologia.

Nos últimos anos, o Brasil assistiu a um expressivo crescimento de micro e pequenas empresas. Segundo cálculo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), no ano passado, elas respondiam por até 99% das 6,4 milhões de empreendimentos presentes no país. O que a maioria desses empresários ignora, no entanto, é que a segurança na Internet deve ser uma de suas maiores preocupações, sobretudo se lidarem com informações sigilosas, sejam elas pessoais ou de clientes.

Particularmente, nossa equipe tem recebido inúmeros chamados de novos clientes que tiveram seus computadores e sistemas sequestrados por criminosos virtuais, que pedem uma grande quantia em dinheiro para devolver os arquivos. Isso acontece porque hoje, a maioria das micro, pequenas ou até mesmo médias empresas não conta com um sistema de segurança efetivo em seus computadores.  Elas não possuem um fornecedor/prestador de serviços que o oriente sobre as boas práticas de segurança e não dispõem de um plano de ação em caso de ataques virtuais.

Ataques podem atingir suas finanças

Por não contarem com sistemas de segurança muito sofisticados, as micro e pequenas empresas acabam sendo as vítimas preferidas de criminosos virtuais.  Uma pesquisa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) apurou que mais de 60% desses ataques acontecem em pequenos e médios negócios.

O estudo também revelou que as finanças e dados financeiros são os mais visados pelos golpistas eletrônicos. Ao passo que as grandes corporações contam com recursos e equipes dedicadas a proteger seus dados estratégicos, as micro e pequenas empresas não podem dispor de estruturas tão sofisticadas.

riscos

Como manter meu micro e pequeno negócio seguro

Não importa se sua empresa de pequeno porte tem apenas um computador, ou diversas máquinas e um funcionário ou equipe de TI própria, é importante trabalhar com hardware e software originais, com garantia de fábrica. Também é fundamental proteger seus dados com um firewall – uma barreira que protege e controla as informações que chegam da internet até o seu computador –, e um antispam, sistema responsável por evitar que o usuário receba mensagens maliciosas e lixo eletrônico.

A maioria dos micro e pequenos empresários, acredita que o download de um antivírus gratuito é suficiente para proteger seus negócios. Por serem desenvolvidos para usuários domésticos, esses programas, em comparação a softwares corporativos pagos, são menos eficientes na detecção e no combate das pragas virtuais e não oferecem muitos recursos e funcionalidades, além disso o uso deste produtos domésticos em empresas é considerado “pirataria”.  É importante também ficar atento aos sistemas de backups (cópias de segurança) para garantir que as informações estejam sempre disponíveis.

Com um pequeno investimento, é possível instalar um programa que proteja sua empresa contra vírus, programas maliciosos e verifique todo o conteúdo que é baixado da internet.

Proteja os dados da sua empresa e dos clientes

Sem segurança na rede, aumentam os riscos de infecção por vírus, ataques, vazamento de informações e até mesmo paralisação dos sistemas da sua empresa. Esses problemas podem afetar toda a estrutura tecnológica, provocar a perda de dados corporativos e dos clientes. Os danos à reputação da empresa podem ser irreversíveis, podendo levá-la até mesmo à falência.

protecao

É importante ficar atento e contratar uma empresa especializada em segurança de TI para evitar dores de cabeça.

André Luiz Rodrigues Ferreira é Diretor da Netdeep Tecnologia.
Atua no desenvolvimento de produtos de Tecnologia e Segurança da Informação, com mais de 15 anos de experiência em consultoria para instituições privadas e públicas.

Leia Mais
NotíciasRecentes

Sicredi Aliança PR/SP inicia prestação de contas no primeiro semestre de 2016

A Sicredi Aliança PR/SP encerrou o primeiro semestre de 2016 com o resultado de R$ 7 milhões e reunirá associados e comunidade para prestação de contas e apresentação dos dados que compõem essa importante conquista.

O ciclo de encontros acontecerá de 25 de julho a 04 de agosto, em todas as cidades que compreendem a área de atuação da Cooperativa. Na oportunidade serão realizadas também Assembleias Gerais Extraordinárias, momento em que a participação do associado é imprescindível.

“Estamos felizes com o resultado alcançado nos primeiros seis meses do ano, isso demonstra que o cooperativismo torna-se mais forte a cada dia em nossa região. Devemos a todos os associados e colaboradores o agradecimento por essa conquista”, destaca o presidente da Sicredi Aliança PR/SP, Adolfo Freitag.

O tema principal da Assembleia Geral Extraordinária será alteração estatutária. “A cooperativa precisa fazer atualizações no estatuto, de acordo com o novo posicionamento sistêmico da Sicredi e ainda revisar algumas políticas da nossa cooperativa”, afirma Freitag.

Todos os encontros contarão com a participação do casal Iara e Eduardo Xavier, os “Caçadores de Bons Exemplos” – eles já percorreram 225 mil quilômetros em busca de bons exemplos pelo Brasil. Em uma apresentação emocionante eles falarão sobre alguns dos 1327 projetos visitados em 65 meses de expedição.

 

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2016 – SICREDI ALIANÇA PR/SP
DATA HORA Município LOCAL
25/jul 19:30 Mercedes Clube De Idosos Fé e Esperança
26/jul 14:30 São José das Palmeiras Clube dos Idosos
26/jul 19:30 Pato Bragado Centro Cultural – Arte e Encanto
27/jul 19:30 Guaíra – PR Salão JS Eventos
28/jul 14:30 Quatro Pontes Casa da Cultura
28/jul 19:30 Marechal Cândido Rondon CTG
29/jul 19:30 Entre Rios do Oeste Pavilhão da Igreja Católica
02/ago 08:00 São Joaquim da Barra Espaço Fespel
02/ago 19:30 Orlândia Pazuc
03/ago 08:00 Ituverava Pomme Festas
03/ago 19:30 Barretos Barretos Country Hotel
04/ago 08:00 Guaíra – SP Espaço Vip Eventos

 

 Sobre o Sicredi

O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com mais de 3 milhões de associados e 1.380 pontos de atendimento, em 11 Estados do País*. Organizado em um sistema com padrão operacional único, conta com 95 cooperativas de crédito filiadas, distribuídas em quatro Centrais regionais, acionistas da Sicredi Participações S.A., uma Confederação, uma Fundação e um Banco Cooperativo que controla uma Corretora de Seguros, uma Administradora de Cartões e uma Administradora de Consórcios.

 Mais informações no site www.sicredi.com.br.

* Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás

Leia Mais
NotíciasRecentesSem categoria

Região Metropolitana de Ribeirão Preto, SP, é aprovada pela Alesp

Lei prevê fundo financeiro próprio para conglomerado de 34 municípios.
Criação da 6ª RM do Estado ainda precisa ser sancionada por Alckmin.

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou nesta quarta-feira (15) a proposta de criação da Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP).

O projeto de lei encaminhado semana passada pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), engloba 34 municípios em um território de 14,8 mil quilômetros quadrados, o equivalente a 6% do Estado, com 1,6 milhão de habitantes e Produto Interno Bruto (PIB) estimado em R$ 48,38 bilhões.

A proposta também prevê a criação do Conselho de Desenvolvimento da RMRP, que terá a função de definir projetos e obras com recursos do Fundo de Desenvolvimento, também previsto no projeto aprovado pelos deputados.

A redação ainda institui uma autarquia vinculada à Casa Civil, com sede em Ribeirão Preto. Antes de entrar em vigor, o texto precisa ser sancionado por Alckmin.

Com a aprovação, a Região Metropolitana de Ribeirão será a primeira do Estado fora da macrometrópole, onde se encontram as cinco RMs já instituídas: São Paulo, Baixada Santista, Campinas, Vale do Paraíba e Litoral Norte e Sorocaba.

Região Metropolitana de Ribeirão Preto
O processo de formalização da RMRP foi iniciado pelo Estado em março e passou por três audiências em Mococa (SP), Jaboticabal (SP) e Ribeirão, em abril. O trâmite incluiu um estudo conduzido pela Empresa Paulista de Desenvolvimento Metropolitano (Emplasa).

Concentração populacional, geração de renda, diversidade econômica, fluxo de moradores entre as cidades, infraestrutura rodoviária e aeroportuária foram alguns dos pontos que contribuíram para a região se enquadrar nos requisitos da lei complementar n.º 760/1994, com diretrizes sobre o tema.

A Região Metropolitana de Ribeirão engloba 34 municípios, que serão agrupados em quatro sub-regiões: Altinópolis, Barrinha, Batatais, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Jardinópolis, Luis Antônio, Mococa, Monte Alto, Morro Agudo, Nuporanga, Orlândia, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Sales Oliveira, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa do Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho, Taiuva, Tambaú e Taquaral.

Com a iniciativa, a área passará a ter um conselho metropolitano e um fundo próprio, com dinheiro do Estado e dos municípios. Questões como segurança, transporte e saúde deverão ser articuladas de maneira conjunta. Nas telecomunicações, o projeto resulta na extinção do DDD para telefonemas entre os municípios.

TEXTO: G1 RIBEIRÃO-FRANCA

Leia Mais
NotíciasRecentes

Região de Ribeirão Preto pode tornar-se Região Metropolitana

Aconteceu na última segunda-feira, a assinatura do projeto de lei complementar que cria a Região Metropolitana de Ribeirão Preto (RMRP). O projeto foi assinado pelo governador Geraldo Alckmin e engloba 34 municípios, entre eles, Orlândia.

A aprovação gera expectativa de otimização de investimentos e de projetos pelo desenvolvimento integrado das cidades. Com a iniciativa, a região passará a ter um conselho metropolitano e um fundo próprio, com dinheiro do Estado e dos municípios.

Um dos benefícios é a extinção do DDD. Segundo Alckmin, para realizar ligações telefônicas entre as 34 cidades, não haverá mais interurbano. Outro projeto abrange a segurança pública e insere câmeras em todas as cidades, áreas estratégicas, entre outras ações que englobam uma central de controle, melhorando o planejamento da região. A criação da Região Metropolitana deve impulsionar o desenvolvimento regional, além de atrair mais atenção dos governos Estadual e Federal e poderá ajudar na conquista de novos investimentos.

Depois de assinado pelo governador, o projeto tramitará em comissões da ALESP antes de ser levado a plenário. Se aprovado, o texto retorna ao Palácio dos Bandeirantes para ser sancionado por Alckmin.

Esteve presente os prefeitos da região, dentre eles Flávia Gomes e Darcy Vera.

 

Leia Mais
NotíciasRecentes

Logo será iniciada Reforma do Ginásio de Esportes “Maurício Leite de Moraes” em Orlândia

Ontem foi assinada a ordem de serviço que autoriza o início da reforma no Ginásio de Esportes Maurício Leite de Moraes. A nova planta foi apresentada, mostrando como ficará o Ginásio após a reforma. A obra está orçada em torno de 2 milhões de reais, inclusive com contra partida do Município no valor de R$ 314.049,39 e irá proporcionar, ao nosso principal esporte da cidade – O Futsal- conhecido nacional e internacionalmente um local muito melhor para treino e realização de jogos, além é claro da realização de tantos outros eventos.

Uma das mudanças mais importantes que será realizada durante essa reforma é a capacidade total do Ginásio, que após a conclusão dos serviços, será de 2.151 pessoas, um aumento de quase 170% em relação à atual capacidade do Ginásio que oficialmente é de 787 lugares.

Flávia, Prefeita de Orlândia, destacou a importância do empenho de todos e completou: “Essa não é uma conquista apenas desta administração, mas é da cidade de Orlândia, do Time da ADC Intelli e de todos aqueles que amam o esporte. Espero que nós possamos, muito em breve, concretizar este sonho de todo orlandino.”

 

Leia Mais
NotíciasRecentes

Arquiteto orlandino é único brasileiro selecionado para mostra em Veneza

É de Orlândia o único brasileiro selecionado entre os 88 para a mostra principal da Bienal de Arquitetura de Veneza que acontece desde o último sábado (28). Angelo Bucci é arquiteto titular do escritório SPBR, boa parte das obras do seu escritório está em Orlândia, sua terra natal, mas também há trabalhos em várias outras cidades brasileiras e no exterior.

Outras cidades brasileiras também tem trabalhos na Bienal como Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Parauapebas (Pará), mas apenas Angelo Bucci foi selecionado para participar da mostra principal.

O tema da Bienal é “Relatos do Front” (Reporting from the front”), com a intenção de debater o papel dos arquitetos quando o assunto é melhorar as condições de vida urbana. 15ª Bienal vai ficar em funcionamento até novembro.

Fonte: http://www.ea1.com.br

Foto: Reprodução

Leia Mais
NotíciasRecentes

Como Referência Cultural, IORM Inaugura Castelinho em Orlândia

Uma edificação centenária e um sonho de infância de Josimara Mendonça, presidente do IORM

O prédio histórico Castelinho, situado no centro da cidade de Orlândia foi adquirido pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça em 28 de fevereiro de 2008 com recursos doados. O imóvel foi totalmente revitalizado e passa a ser o Núcleo Cultural Osvaldo Ribeiro de Mendonça.

Erguido pelo advogado Alfredo Vasconcelos, primeiro proprietário e morador do imóvel, é uma edificação centenária e um sonho de infância de Josimara Mendonça, presidente do IORM: “Ainda na minha infância eu dizia que o Castelinho um dia seria meu. O tempo passou e consegui concretizar este sonho… Hoje este castelinho não é só meu, é de todos nós orlandinos… Sempre tive um carinho enorme por esta edificação, ela enfeita o centro da cidade. Traz de volta a poesia de Orlândia que não volta mais e ao mesmo tempo traz boas vindas ao nosso futuro. É um espaço que nos dá senso de pertencimento e orgulho de fazer parte de Orlândia”, revela Josi.

O espaço passa a ser referência nas áreas de dança, teatro, música, literatura, culinária regional, desenho, pintura e artes plásticas. Sediando, em toda Região, manifestações artísticas e culturais. Exposições, trabalhos manuais e café filosófico e ainda conta com parcerias valiosas como o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, presidido pela primeira dama do Estado Sra. Lú Alckmin, com a Prefeitura de Orlândia, a Associação dos Alunos do Projeto Guri, com o SESI e o SENAI.  Conta também com o apoio dos funcionários, voluntários e o carinho de toda a comunidade orlandina.

Acesse a galeria para visualizar mais fotos:

« 1 de 2 »
Leia Mais
NotíciasRecentesSem categoria

Fábio Bucci e Ayslan Barbin são campeões no Peru

Os atletas de Orlândia e Sales Oliveira, Fábio Abrahão Bucci (23) e Ayslan Hernani dos Santos Barbin (28), jogaram a Copa Internacional de Regatas, junto com MassaoKohatsu e Humberto Manhani, torneio realizado anualmente em Lima, capital do Peru. Eles atuaram em equipe, pelo Brasil, onde se consagraram campeões da categoria Livre por Equipes.

Fábio e Ayslan trazem para Orlândia e região o primeiro título internacional adulto de tênis de mesa jogando pela Seleção.

O torneio ocorreu de 10 a 15 de maio no Coliseu de Treinamento do Club de Regatas Lima, Chorrillos/Lima, foi organizado pela Federação Peruana de Tênis de Mesa e bateu recorde de atletas inscritos, sendo aproximadamente 500 atletas de 10 países (Argentina, Bielorrússia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Espanha, Estados Unidos e Peru).

Na foto, Delegação brasileira após conquistar o título na final.

Leia Mais
NotíciasRecentes

Péricles é presença confirmada na Feijoada do Bem, em Orlândia

O IORM confirma a data da tradicional Feijoada do Bem. O evento acontecerá no dia 5 de junho, a partir das 12 horas, na Associação Atlética de Orlândia.

A Feijoada do Bem é um evento beneficente realizado pelo Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça e toda renda é em prol aos vários projetos sociais mantidos pelo Instituto.

Atendendo a pedidos, o evento traz neste ano um Sambanejo, com atrações de samba, pagode e sertanejo. Dentre eles, a atração principal será a apresentação do cantor Péricles (ex-Exaltasamba) e os pagodeiros mais amados da região, a Turma dos Bebel e ainda os Sertanejos do bem e várias outras atrações.

INGRESSOS

Podem ser adquiridos na sede do Castelinho. De 0 a 10 anos não pagam. De 11 a 14 anos R$ 25,00 e acima de 15 anos R$ 150,00 no primeiro lote, com parcelamento em até 6 vezes (com parcela mínima de R$ 50,00). Para maiores informações, ligue (16) 3726-5236.

Leia Mais
1 2
Página 1 de 2